domingo, 23 de maio de 2010

BYE BYERN...


Não deu.

O Bayern não quebrou a retranca e nem resistiu ao Milito do Internazionale e perdeu a final da Champions League ontem por 2x0.

Foi um jogão, cheio de jogadas brilhantes e passes milimetricamente precisos. Pra quem tava acostumado a ver o Campeonato Paulista, foi como mudar da água pro Jack Daniel's.

É triste ver seu time perder, mas ao menos me deixou um pouco mais tranquilo em relação à Copa do Mundo que se aproxima.

Enquanto o time de Milão não tinha um único italiano em campo (no finalzinho entrou o Materazzi, mas só pra que tivesse AO MENOS UM ITALIANO na foto do título), o time bávaro contava com praticamente metade da seleção alemã. Isso significa que, quando entrar em campo na África do Sul, os alemães estarão muito mais entrosados que muita seleção por aí.

Depois do quase certo adeus do Ballack, decorrente daquela entrada criminosa na final da FA Cup, é um consolo para este inexplicável torcedor da Alemanha saber que sua seleção está bem menos “perdida” do que andam escrevendo por aí.

Não é muito, mas pelo menos já é alguma coisa.

Ao Bayern, time do coração, meus sinceros agradecimentos por ter lutado até o fim.

Aliás, esse Robben joga muita bola. Tanto ele quanto seu adversário da Inter - Snejder. Não me admiraria termos uma estrela em cima do escudo holandês depois desta copa. A Holanda finalmente ser campeã mundial seria quase que justiça divina e tem time pra isso.

Mas, até segunda ordem, sou muito mais uma QUARTA ESTRELA EM CIMA DO ESCUDO DA ALEMANHA.

VAI PRA CIMA DELES PODOLSKI!

3 comentários:

Mark disse...

Nah. Tá escrito já!

Essa copa é da Holanda! 2010 é nóiz na cabeça, mano!

VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS: rednec
Não dá para não postar uma verificação de palavras dessa, né?

alebf disse...

Seria a Holanda na Copa o Corinthians na Libertadores?

Vladimir "Charles" Brown disse...

Ale, enquanto a Alemanha (e, por questões sanguíneas, a Inglaterra) se mantiverem na copa, sinceramente espero que sim.

Mas, com as duas fora, QUE A LARANJA MECÂNICA SAIA DESTROÇANDO TODO MUNDO.